Governador de MT determina extinção da Ceasa em até 6 meses

Fonte: G1 MT

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), determinou a liquidação e extinção da Central de Abastecimento do Estado (Ceasa-MT) em até seis meses. A ordem foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (30).

A Ceasa centraliza o abastecimento de frutas, legumes e verduras para Mato Grosso e comercializa para atacadistas e varejistas.

No decreto, o governador determinar a nomeação de Nivaldo de Almeida de Carvalho Júnior como liquidante e de outros servidores que farão parte de um conselho de liquidação para gerirem o processo de extinção.

O liquidante deve receber o salário correspondente à remuneração do presidente da empresa para o trabalho.

O prazo do processo de extinção da Ceasa determinado pelo governador é de seis meses e pode ser prorrogado, caso haja justificativa.
Os cortes na Ceasa já haviam sido citados pelo chefe do Executivo durante campanha política no ano passado.

À época, ele defendia o enxugamento da máquina pública a partir da extinção de empresas e autarquias.

“Vou citar um exemplo de extinção. Existe aqui um tal de Ceasa, que gasta quase R$ 200 mil por mês e não produz absolutamente nada, a não ser pagar o salário de indicações política aqui na capital. Mas nós vamos fazer isso com responsabilidade”, disse durante entrevista à TV Centro América.