Após perseguição policial motorista perde controle de veiculo e capota no Bairro Beira Rio em Peixoto de Azevedo

Fonte: Resumo Diário

A Policia Militar de Peixoto de Azevedo foi informada na tarde deste domingo (07) sobre uma possível agressão que estava ocorrendo em uma residência, quando os policiais se deslocavam para o local foi informado que o suspeito já estava em fuga pela BR 163 sentido a cidade de matupá em veiculo Saveiro de cor branca.

Ao visualizar um veículo com as mesma características os Policiais começaram o acompanhamento o motorista percebeu a presença da guarnição policial este acelerou o veiculo com velocidade superior a 150 km por hora na BR 163 ao passar pelo primeiro quebra molas próximo ao Bairro Beira Rio o motorista perdeu o controle da Saveiro saiu da pista e capotou, quando a Guarnição chegou ao local ele estava saindo de dentro do carro e pulou um muro e correu para uma região de mata que fica próximo as residências no Bairro.

O Sargento Gama juntamente como Cabo Geraldo e o Soldado Da Chaga faziam o acompanhamento, mas não conseguiram deter o suspeito, o serviço de Guincho foi acionado para rebocar o veiculo até o pátio do 22º BPM onde posteriormente deverá ser encaminhado para a Policia Judiciária Civil.

A esposa do suspeito estava no Batalhão da Policia registrando o boletim de ocorrência contra o suspeito, segunda narrativa da vitima ela informou aos policiais que o suspeito tentou sequestra-la juntamente com seu filho uma criança de aproximadamente 03 anos, e que só não conseguiu consumar o ato devido ela (vitima) ter entrado em luta corporal com o suspeito.

Ao sair de sua residência o suspeito pegou seu veiculo e foragiu, até o momento em que foi perseguido pelos Policiais, no boletim de ocorrência a vitima narra ainda que vem sofrendo constantes ameaça por parte do suspeito inclusive dizendo que iria mata-la caso resolvesse se separar dele, em buscas feita na casa do suspeito a Policia localizou uma espingarda calibre 12, o boletim de ocorrência foi confeccionado e registrado na Delegacia de Policia Civil para as devidas investigações que o caso requer.