Com 78% de risco de queda e a 6 pontos de sair do Z-4, Fluminense terá 4 jogos seguidos fora do RJ

Fonte: GloboEsporte.com

Na tentativa de não piorar ainda mais a situação no Campeonato Brasileiro, o Fluminense conta com uma sequência ingrata na tabela. Dois pontos acima do lanterna Avaí e a seis de respirar fora da zona de rebaixamento, o Tricolor jogará longe do Rio de Janeiro as próximas quatro rodadas.

Na ordem, o time de Oswaldo de Oliveira, na 18ª colocação, encara Fortaleza, Palmeiras, Corinthians e Goiás. O jogo contra o Timão seria em casa, mas o clube vendeu o mando de campo e jogará em Brasília. O próximo duelo no Maracanã será na 21ª rodada, contra o Santos, atual vice-líder.

Próximos jogos
Fortaleza x Fluminense (07/09 – Ceará)
Palmeiras x Fluminense (10/09 – São Paulo)
Fluminense x Corinthias (15/09 – Brasília)
Goiás x Fluminense (23/09 – Goiás)
A sequência de viagens dificulta, mas o Maracanã não tem sido salvação para o Fluminense. Pelo contrário. O time tem um dos piores aproveitamentos como mandante, com duas vitórias, dois empates e cinco derrotas. Nos últimos dois jogos pelo Brasileirão, caiu no Rio de Janeiro para CSA e Avaí.

A derrota no duelo direto com os catarinenses afundou ainda mais o time carioca na zona de rebaixamento. A diferença para o Cruzeiro, 16º colocado, subiu para seis pontos. Hoje, o Tricolor está mais perto do lanterna, o próprio Avaí, que tem 10. Segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o risco de queda é de 78%.

– O número é perfeito, mas ainda falta muito tempo, são 22 rodadas para jogar. Mais para frente é que esse número preocupa mais. Ainda há chance de recuperar e não brigar por isso até o fim do campeonato. Esse número ainda pode ser reduzido nos próximos jogos, antes do returno. Se esses dados fossem na rodada 25, aí sim seria muito preocupante – ponderou o professor.

Lembranças com 2009
O primeiro turno ainda em andamento deixa a situação menos grave, mas não são pequenas as semelhanças com o campeonato de 2009, quando o Fluminense se segurou na Série A somente após uma arrancada milagrosa. Naquele ano, após 16 jogos, o Tricolor tinha 11 pontos, um a menos do que o aproveitamento atual.

– O Fluminense tem 12 pontos em 16 jogos. Ele leva quatro jogos para fazer três. Se ficar nesse ritmo, ele chegaria na 28ª rodada com 21 pontos. Para se ter uma ideia, seria menos do que na arrancada histórica de 2009, quando chegou com 22 pontos. Foi quando tinha 98% de risco, mas naquelas últimas 10 rodadas fez mais do que nas 28 anteriores – completou Tristão.

Com risco de segurar a lanterna ao fim da próxima rodada, o Fluminense encara o Fortaleza no sábado, às 17h (de Brasília), no Castelão. O elenco tricolor, que se reapresentou nesta terça-feira, tem mais três dias de treino antes da viagem para o Ceará. De lá, partirá direto para São Paulo para disputar o duelo atrasado com o Palmeiras.