Flamengo aposta em detalhes e usa psicologia e lendas do esporte em ano de desafios, luto e pressão

Fonte: GloboEsporte

Parar, respirar, mentalizar e acreditar. Em um ano em que desafios andam de mãos dadas com pressão e cobranças, o Flamengo busca nos pequenos detalhes mudar a chave das últimas temporadas para se tornar um time vencedor.

Às 21h30 desta quarta-feira, o Rubro-Negro enfrenta a LDU pela segunda rodada da Libertadores. E, como tem acontecido em jogos no Maracanã, o psicólogo do clube, Alberto Filgueiras, deixará frases motivadoras no vestiário, abaixo das camisas de cada jogador. A inspiração vem de lendas do esporte mundial e da psicologia.

– Tento trabalhar alguns valores para os atletas. Coisas básicas no esporte de alto rendimento, mas que não fazem parte da cultura do futebol. Entre 10 e 12 frases são ditas por grandes atletas, tipo Michael Jordan, Simone Biles. As outras 14 frases eu selecionei baseado em coisas que sempre falo para os atletas, como manter foco, respiração, acreditar, mentalizar, porque nada é impossível. São conceitos e valores muito difundidos dentro da psicologia do esporte, mas que aparecem pouco no futebol – comentou Alberto Filgueiras.
Frases no vestiário do Flamengo
Ninguém pode impor limites aos seus sonhos
O segredo da performance não é deixar de sentir, mas usar o sentimento a seu favor
Se tudo é possível na sua mente, acredite que tudo é possível fora dela também
Confia naqueles ao seu redor, são eles que te levarão à glória
Respire, acredite e lute
Você não precisa provar nada a ninguém, só a você mesmo
Não se trata de saber o quanto você aguenta até cair, mas se você é capaz de se colocar de pé novamente
Obstáculos não têm como te parar. Se encontrar uma parede, arrume um jeito de escalar
O fato não chega a ser novidade, é costume do Flamengo desde o ano passado, após a assinatura de contrato com o consórcio, mas casou bem com o momento do clube.

As vitórias em campo e o tempo amenizam a dor, mas o Flamengo vive um ano de luto pelos 10 jovens da base que morreram em um incêndio no Ninho do Urubu. Passado um mês, o futebol do Flamengo tenta retomar a rotina, mas a tragédia ainda está viva na memória de todos. E é nos pequenos detalhes que o elenco busca forças para a temporada.