Guarantã: Força Aérea retoma buscas de avião que pode ter caído em região de floresta em Guarantã.

As buscas pelo Paradise, prefixo PU-PPY foram retomadas, esta tarde, pela equipe do Salvaero Amazônico – unidade responsável por coordenar buscas aéreas – da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave saiu de Espigão D’Oeste (RO), no último dia 4, e pode ter caindo na região de floresta entre Guarantã do Norte e o Pará. Estavam no avião o empresário Joerli Silvares Teixeira, de 34 anos, e o piloto, Haiub Cordeiro Júnior, de 38 anos.

A FAB havia suspendido as buscas pelo avião na terça-feira (14) após identificar um problema técnico na aeronave SC-105 SAR, que é utilizado para fazer os sobrevoos. Ela possui um sistema eletro-óptico de busca de imagem e por espectro infravermelho, que permite realizar buscar pelo calor, podendo detectar, por exemplo, um avião encoberto pela vegetação. Até o momento, não foram apontadas pela assessoria quais são as dificuldades para encontrar a aeronave.
O comunicado do desaparecimento do Paradise foi feito pela família de Joerli, no último dia 8, na delegacia de Polícia Civil de Guarantã do Norte. Segundo a esposa de Joerli e vendedora de roupas, Keila Cassiano da Silva eles decolaram por volta das 8h de Espigão D’Oeste (RO). “Consegui falar com Jorlei pelo celular por volta das 12h, mas a ligação ficou muito ruim e acabou perdendo contato. Sabemos que eles iriam parar em Redenção (PA) para reabastecer a aeronave e, depois, seguiriam para Fortaleza (CE)”, relatou anteriormente, ao Só Notícias.

Ela recebeu uma foto de Jorlei Silvares sobrevoando a região do rio Peixoto. “Por isso, acreditamos que a aeronave pode ter caído nessa região entre Mato Grosso e o Pará. Também confirmamos que em Redenção onde ele iria reabastecer nem sequer chegou. Alguma coisa aconteceu. Ele me mandou uma foto sobrevoando a região e pode ter caído nesse intervalo para frente”.

Fonte: Só Notícias