Homem suspeito de agredir mulher com facão no ano passado é morto a tiros em MT

Fonte: TV Centro América

Um homem de 38 anos foi morto a tiros, na madrugada deste domingo (17), em um bar de Pedra Preta, a 243 km de Cuiabá. Rodrigo da Silva Roza já estava morto quando a polícia chegou ao local. Ele é suspeito de agredir Daniely Laurindo da Silva, de 38 anos, com um facão em novembro do ano passado, em Rondonópolis, a 218 km da capital.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados por um motociclista que avisou que havia ocorrido um homicídio em um bar da cidade. Quando a polícia chegou, se deparou com a vítima caída no chão.

Uma equipe do Hospital Municipal foi acionada e constatou a morte. A Perícia Oficial e Identificação Técnica esteve no local para apurar as circunstâncias do crime. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Agressão com facão
Rodrigo é suspeito de agredir uma mulher, no dia 4 de novembro de 2018, em um clube às margens da BR-364, em Rondonópolis.

De acordo com a polícia, Daniely estava na companhia da família. O suspeito chegou sem ser convidado e passou a consumir bebida alcoólica.

Depois de um tempo, Rodrigo começou a brigar com a vítima e com os parentes dela. Daniely disse à polícia, que ele a ameaçou de morte, pegou um facão e partiu para cima dela. Os golpes a atingiram na cabeça, braços e mãos.

As testemunhas intervieram e evitaram que ele continuasse com as agressões. A mulher foi socorrida, com vários cortes.