Jovem empresário ajuda sanar problemas do cotidiano Peixotense

Fonte: Noticia Vip

Um jovem empresário Peixotense tem dado grandes exemplos de voluntarismo e cidadania, e tem sido motivo de muitos elogios por parte da população nas redes sociais. Trata-se do também piloto de motocross, Gleisson Noleto, proprietário da Gleisson Motos e Fórmula Guincho.

Gleissinho, como é popularmente conhecido, é um grande empreendedor e desde criança alimenta um grande amor pela sua terra, pela sua cidade e pelo povo que nela vive, enfrentando os problemas, transtornos e percalços devido a falta de infraestrutura em todas as áreas públicas.

Alguns feitos espontâneos do piloto de motocross que tem dado muita alegria para a torcida, tem refletido na ajuda direta e imediata a população. No caso mais recente, uma moradora do Bairro Aeroporto havia postado um vídeo no whatsapp mostrando a calamidade e insegurança vivenciada pela mesma na Rua Caiçara, uma trabalhadora que estava insegura e amedrontada devido a escuridão das imediações provocada pela falta de manutenção da rede de iluminação pública.

Ao ver a postagem em um grupo do qual também participa, Gleisson voluntariamente acionou uma empresa privada que fez a troca da fiação, rele, reator e da lâmpada, restabelecendo a iluminação na região, beneficiando diversos moradores. Logo na sequencia, a moradora postou um novo vídeo evidenciando a solução do problema e agradecendo a solidariedade do jovem empresário de Peixoto de Azevedo que tirou dinheiro do bolso para resolver uma questão pública.

Há alguns meses atrás sensibilizado com a situação dos pacientes do Hospital Regional de Peixoto de Azevedo, o mesmo empresário fez a doação de 45 lençóis e 15 cadeiras de fio a casa de saúde, uma deficiência observada e reclamada a muito tempo pelos que utilizam os serviços do sistema único de saúde.

Na época a falta de cadeiras estava prejudicando o procedimento onde as pessoas tinham que tomar soro em pé ou sentados no chão, bem como, os parentes e familiares dos pacientes tinham que trazer roupas de cama da própria casa.

Sempre que solicitado e dentro de suas condições econômicas, anonimamente, Gleissinho tem atendido algumas famílias de bairros periféricos que passam por críticas situações financeiras e vulnerabilidade social. Para atravessarem este período e diante de tanta carência, elas são contempladas com cestas básicas, a exemplo do que é feito também por algumas instituição filantrópicas de atuação social.

“Eu ajudo não é para aparecer. Sou jovem, mas já vivenciei diversas situações difíceis, e é preciso valorizarmos o ser humano, a pessoa, o cidadão, o irmão. Fico extremamente feliz em poder minimizar o sofrimento dos menos favorecidos e da comunidade, que infelizmente está completamente desassistida pelo Poder Público. Agradeço as manifestações de carinho, amizade e consideração, e quem sabe a minha atitude pode despertas em outros a vontade de ser mais solidário”, disse a nossa reportagem Gleisson Noleto.