Massa de ar polar derruba temperatura em Mato Grosso a partir de 6ª

Fonte: Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (Imagem: reprodução/arquivo)

A grande massa de ar frio, com origem polar, que avança no começo de julho chegando pelo Sul e que pode, inclusive, trazer neve ao país, vai refletir em Mato Grosso, onde a temperatura começa a cair na sexta-feira e que deve ter o domingo com recorde de frio no ano, principalmente em Chapada dos Guimarães.

Quem mora no Nortão também vai poder aproveitar o clima de inverno. Em Sinop, Sorriso e Lucas do Rio Verde, a previsão do instituto Climatempo é de que a sexta-feira tenha mínima de 20 graus, caindo para 18 graus no sábado e 16 no domingo.

Moradores de Nova Mutum, mais no centro do estado, devem ter um pouco mais de frio, com previsão de 19 graus na sexta, 17 no sábado e 15 graus no domingo. Em Alta Floresta, no extremo Norte, a previsão e de 22 graus para a sexta, 20 graus no sábado e mínima de 18 do domingo.

Na capital, o frio chega um pouco mais rigoroso. A previsão é de que a temperatura caia para 16 graus já na sexta-feira e que reduza para 13 no sábado até bater o recorde do ano chegando aos 10 graus no domingo.

Quem preferir usar casacos pesados pode ir até Chapada dos Guimarães ou Tangará da Serra, locais altos e de menor temperatura, Em Chapada a previsão é de 13 graus na sexta, 10 no sábado e de 7 graus no domingo. No sábado a máxima não passa de 20 graus.

Em Tangará da Serra a sexta deve ser de 14 graus, o sábado de 11 graus e o domingo de 8 graus.

Na segunda-feira o frio começa a ir embora de Mato Grosso gradativamente, assim como deve chegar.