Mato Grosso supera São Paulo e lidera ranking de produtividade da carne bovina

Mato Grosso, maior produtor de gado de corte do Brasil, passou a liderar o ranking de produtividade ultrapassando São Paulo. Segundo levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2018, a produtividade mato-grossense atingiu 266,36 quilogramas de carne por animal, em média, levando em consideração abates de bois, vacas, novilhos e novilhas.

No ano passado, a produtividade média nacional foi de 249,23 quilos/animal, 0,21% acima da observada em 2017. Assim, a produtividade média mato-grossense, em 2018, ficou 6,87% acima da média Brasil. A paulista, por sua vez, ficou 6,65% superior à média brasileira. De acordo com levantamento do Cepea(Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq-USP, o crescimento da produtividade em Mato Grosso está atrelado aos implementos de melhores práticas de manejo e de genética e, principalmente, à alimentação abundante

O presidente da Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso), Marco Túlio Duarte Soares, esse aumento na produtividade é resultado de uma série de fatores como melhores práticas de manejo e de genética. “Esse resultado é fruto de investimentos dos nossos pecuaristas. Mesmo com um sistema de produção onde a terminação a pasto é a mais utilizada, esse ganho de produtividade vem em função do uso de tecnologias disponíveis para os negócios da pecuária”, avaliou, através da assessoria.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)