Morador de Sinop morre em colisão entre três carretas na BR-163 no Pará

O caminhoneiro Lúcio da Silva Sousa, de 40 anos, morreu em uma colisão envolvendo uma Volvo prata e mais duas carretas (marcas e modelos não informadas), na rodovia federal, na região de Novo Progresso (597 quilômetros de Sinop), no último sábado à noite. De acordo com informações da Polícia Militar, ele faleceu ainda no local.

A versão investigada é que a carreta conduzida por Lúcio colidiu frontalmente com outra após tentar desviar de um buraco. Na sequência, o terceiro veículo caiu em uma ribanceira ao tentar desviar das carretas. Não foi confirmado se os motoristas ficaram feridos e precisam de atendimento médico.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também foi acionada para registrar e apontar as responsabilidades pela colisão. O local foi analisado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia antes de ser liberado para os procedimentos fúnebres.

Ainda não há informações do sepultamento. Lúcio estava morando em Sinop.

Só Notícias/Cleber Romero (fotos: divulgação)