Morre homem que ficou preso às ferragens de carro em acidente hoje em Sinop

Fonte:Só Notícias (fotos: Só Notícias/Gessica Azevedo)

O condutor do Fiat Uno envolvido no acidente, no início da tarde, na BR-163 em Sinop faleceu, há pouco, no hospital regional. Jurandir Lopes da Luz tinha 67 anos. Ele ficou preso às ferragens, foi socorrido pela equipe da concessionária em estado grave e não resistiu. Duas pessoas que estavam no carro foram levadas ao hospital e estariam fora de perigo.

Conforme Só Notícias informou, a colisão envolveu o Uno e uma caminhonete GM S-10 branca. Com o violento impacto, o carro ficou com a lateral do motorista destruída e parou no canteiro que divide a 163 e a rua Enio Pipino.

O Uno tentou atravessar a rodovia para entrar na avenida dos Jequitibás quando houve a colisão. O motorista da caminhonete, Marcos Humel, não se feriu e disse, no local, que não houve tempo “nem de frear”. “Ele entrou de vez e eu estava a uns 10 ou 15 metros dele”, lamentou.

Ele acrescentou que “já passou da hora” da concessionária que administra a rodovia construir um viaduto no local devido ao grande movimento e as dificuldades que motoristas, motociclistas e ciclistas tem para atravessar a rodovia.

Jurandir é a quarta vítima fatal em acidentes de trânsito, em Sinop, nos últimos 5 dias. Domingo à noite, na BR-163, no perímetro urbano, o motociclista é Osvaldo Domingos Pereira, de 43 anos, se envolveu na colisão com uma carreta e faleceu. Era borracheiro e seu corpo foi trasladado para o Ceará.

No domingo de madrugada, por volta das 4h, um Fiat Palio saiu da BR-163, nas proximidades da entrada do Curupy (perímetro urbano) e o condutor Otávio Maslawski, de 50 anos, morreu no local. A versão apurada é que o carro saiu da pista, capotou e caiu em um córrego às margens da rodovia. Ele foi sepultado ontem.

Também foi sepultada nesta segunda-feira, a jovem Tuane Nunes de Souza, de 19 anos, que foi atropelada, sábado à noite quando estava de bicicleta, com o marido, de 20 anos, e a filha de 3 meses, na rua João Pedro Moreira de Carvalho, no Setor Industrial Norte. O condutor da caminhonete fugiu. O marido de Tauane e criança tiveram escoriações.

Na sexta-feira, Lucas Gonçalves de Abreu, de 31 anos, estava em uma moto que se envolveu na colisão com um Fiat Uno. Ele foi socorrido mas não resistiu.