Motorista morre e dois ficam feridos em colisão entre carretas na BR-364 em Mato Grosso

Fonte: Só Notícias/Cleber Romero (fotos: divulgação)

A Polícia Civil confirmou, ao Só Notícias, que a colisão entre uma Scania R440 branca, com placas de Araranguá (SC) e uma Scania branca ocorreu na rodovia federal, nas proximidades da ponte do rio Juruena, a cerca de 30 quilômetros de Campos de Júlio (554 km de Cuiabá), ontem à tarde. O motorista da primeira carreta morreu ainda no local. Ele foi identificado como Josemar Hass dos Santos, 37 anos.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, o condutor e um passageiro que estavam na outra carreta foram atingidos no rosto pelos estilhaços de vidro do para-brisa e precisam ser levados ao hospital local para atendimento médico.

Segundo informações de um investigador, preliminarmente foi possível constatar que houve uma colisão lateral entre as carretas que seguiam sentidos opostos. Com isso, a carreta conduzida pelo motorista que morreu bateu, quebrou a mureta de proteção da ponte e, por muito pouco, não tomou. Já os últimos dois vagões ficaram pendurados e seguros apenas pela estrutura de ferro do caminhão.

As responsabilidades pelo acidente ainda serão investigadas. A carreta de Araranguá ficou completamente destruída. Já a outra teve danos na frente e na lateral esquerda.

O local foi analisado pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e vai ajudar esclarecer as circunstâncias de como ocorreu o violento impacto. De acordo com a funerária São José, o corpo de Josemar Hass será trasladado para Guarapuava (PR), hoje à tarde.

Conforme Só Notícias já informou, ontem, José Pio, de 70 anos, morreu na violenta colisão entre Man 440 branca, que conduzia com a Mercedes-Benz 240 preta, placas de Denise (MT), no quilômetro 635 da rodovia federal em Nova Mutum. Ele ficou preso às ferragens e não resistiu aos ferimentos. O condutor da outra carreta foi encaminhado à unidade médica, mas não foi divulgado se o estado de saúde dele é considerado grave.