MPE realiza projeto educativo Contra a Corrupção na rede estadual de ensino

O Ministério Público Estadual de Peixoto de Azevedo realizou nesta segunda-feira (12) a solenidade de encerramento da 1ª Edição do Projeto ‘Onde há Educação, a Corrupção não tem vez’, que envolveu todas as escolas da rede estadual de ensino.

Na oportunidade fizeram parte do dispositivo de honra representantes da Delegacia Regional de Polícia Judiciária Civil, Promotoria de Justiça de Matupá, 15º Comando Regional de Polícia Militar, Maçonaria, Lions Clube, Rotary Clube, Câmara de Vereadores e Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo.

No primeiro momento o Promotor de Justiça, Dr. Marcelo Mantovanni, agradeceu aos parceiros e colaboradores do projeto que visa consolidar ações e propostas diretas de prevenção à prática da corrupção, fomentando nas escolas a integridade social, moral, ética e a educação para cidadania. Todos os parceiros e colaboradores receberam um Documento Oficial de Agradecimento do MPE Peixotense.

Além de alunos, pais, professores, lideranças comunitárias, militares, eclesiásticas e a imprensa, diferentes segmentos da sociedade organizada estiveram presentes no auditório da Câmara de Vereadores para assistirem a ultima etapa do projeto, além de redação e apresentação artística livre, os alunos usaram a tribuna do parlamento para proferir um discurso contra a corrupção, todos de sua própria autoria.

Enquanto eram calculados os pontos da Comissão Avaliadora, as autoridades fizeram uso da palavra para enfocar a importância de repassar as crianças e adolescentes conhecimentos e vivências sobre cidadania, integridade, ética, representação política e probidade no trato da coisa pública. Criando uma forte barreira de combate a corrupção em todos os níveis.

Um dos momentos mais aguardados foi quando do anuncio das duas escolas estaduais finalistas na classificação geral das três etapas, sendo o 1º Lugar para o Colégio 19 de Julho (Ensino Médio) e o 1º Lugar para o Kreen Akarore (Ensino Fundamental). Alunos e professores orientados foram premiados com Tablets pelo Ministério Público Estadual e Parceiros.

Escolas participantes do Projeto ‘Onde há Educação, a Corrupção não tem Vez’:

Vinícius de Moraes
Garcia Garrido
Monteiro Lobato
Kreen Akarore
19 de Julho
Luciene Cardoso

Fonte Notícia Vip