MT aplicou R$ 222 milhões em multas por desmatamento ilegal de janeiro a maio de 2019

FONTE: G1 MT

De janeiro a maio de 2019, o governo de Mato Grosso aplicou mais de R$ 222 milhões em multas por crimes relacionados ao desmatamento ilegal, segundo o estado. Os dados foram divulgados na quarta-feira (24).

Ainda no período analisado, os órgãos de fiscalização ambiental embargaram mais de 44 mil hectares e apreendeu cerca de 3,6 mil metros cúbicos de madeira de origem ilegal.

Em junho, o desmatamento na Floresta Amazônica em Mato Grosso teve redução de 26%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o governo, entre os oito estados que compõem a Amazônia Legal, Mato Grosso é o único que apresenta redução nos índices desde fevereiro deste ano.

No acumulado entre agosto de 2018 e junho de 2019 em relação ao mesmo período de 2017 a 2018, a redução foi de 22%.

Em junho deste ano, o SAD detectou 801 quilômetros quadrados de desmatamento. O número, segundo o Imazon, representa uma redução de 31% em relação a junho de 2018, quando o desmatamento somou 1.169 quilômetros quadrados.

O estado do Amazonas lidera o ranking de desmatamento com 30% e é seguido por Pará (26%), Rondônia (19%), Mato Grosso (17%), Acre (5%), Roraima (1%), Tocantins (1%) e Amapá (1%).