Pagamentos de aposentadoria ou pensão serão bloqueados pelo governo de MT em caso de estorno

Pagamentos de aposentadorias e pensões por morte podem ser bloqueados, caso os valores sejam estornados pela instituição bancária por três vezes. A medida consta em uma portaria assinada pelo diretor interino do MT Prev, Elliton Oliveira de Souza, publicada no Diário Oficial de sexta-feira (11).

De acordo com a portaria, inconsistências no CPF ou alterações de agência e conta corrente são motivos que podem acarretar o estorno do pagamento.

Caso os valores sejam estornados por três vezes, ou seja, se o beneficiário não sacar o pagamento, o dinheiro será bloqueado.

Somente após a regularização dos dados junto ao MT Prev é que o titular volta a receber os proventos. Dessa forma, o pagamento retroativo também será autorizado.

Segundo o MT Prev, a medida foi tomada porque é recorrente o estorno de valores. Além disso, o órgão pretende evitar fraudes e golpes aos beneficiários.

Atualmente o estado tem mais de 27 aposentados e quase 7 mil pensionistas. Juntos, entre civis e militares, representam mais de R$ 261 milhões na folha de pagamento.

Fonte: G1 MT