Parlamentar promete articular reprovação exemplar das contas de Taques na AL

Fonte: RDNews

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), que foi a principal opositora nas quatro anos do Governo Pedro Taques (PSDB), promete trabalhar para que as contas do tucano no exercício 2018 sejam reprovadas pela Assembleia apesar do parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A emedebista já solicitou que sua assessoria realize a análise técnica da documentação para embasar seu posicionamento.

“Todas as ilicitudes e atos de irresponsabilidade com a coisa pública devem ser punidos com a reprovação de contas. A nova Assembléia não será omissa como no passado. E no que depender de mim, essa votação servirá como exemplo aos próximos governantes de que não mais se passarão impunes aqueles que não se esforçarem para cumprir com as metas e obrigações legais”, afirmou Janaina ao RDNEWS.
A posição de Janaina coandua com o pensamento do governador Mauro Mendes (DEM). O chefe do Executivo afirmou que a crise financeira, alegada por Taques perante o TCE, não pode ser desculpa para negligenciar a administração pública. Lembrou ainda que quando foi prefeito de Cuiabá, entre 2013 e 2016, também enfrentou dificuldades financeiras, mas não deixou de cumprir com as obrigações de gestor.

“Eu só não posso concordar com o cidadão [Taques] que diz que a crise seja desculpa para que nós possamos descumprir ou negligenciar naquilo que é importante para a administração pública”, disse Mauro após o sorteio da premiação do programa Nota MT, na tarde dessa quinta (08), no Palácio Paiaguás.

Na última terça (6), por unanimidade, o Pleno do TCE acompanhou o relatório do conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha e deu parecer pela aprovação das Contas de Taques que agora precisam ser analisadas pela Assembleia.No documento, foram apontadas 21 falhas e feitas 40 recomendações.

Na sessão do TCE, Taques fez a defesa das próprias contas e culpou a falta de dinheiro pelos erros que cometou na administração do Estado. O tucano foi o primeiro ex-governador a adotar o procedimento.

Já deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que foi líder do Governo Pedro Taques na Assembleia durante boa parte da gestão do correligionário, acredita que não precisará articular a aprovação das contas do exercício 2018. Segundo o tucano, faz parte da tradição do Parlamento seguir o parecer do TCE.

“Acredito que não será necessário trabalhar pela aprovação das contas do ex-governador Pedro Taques. Mesmo existindo deputados que fizeram oposição sistemática ao nosso governo, faz parte da tradição desta Casa seguir os pareceres técnicos do TCE. Não se tem notícias de contas reprovadas por retaliação política ou para banir alguém da vida pública. Estamos absolutamente tranquilos”, declarou.