Polícia acredita que homem pode ter sido morto pelo irmão em Peixoto de Azevedo

Fonte: Só Noticias

A Polícia Civil confirmou que a autoria do homicídio de Magno Oliveira Rodrigues, de 33 anos, em Peixoto de Azevedo, que ocorreu último domingo, já está predefinida. De acordo com um investigador, o irmão dele que está foragido é quem teria feito os disparados.

“Ainda vamos ouvir testemunhas do caso e o outro envolvido que foi atingindo com golpes de picareta continua internado no Hospital Regional. Assim que se recuperar será intimado para esclarecer melhor o crime. Inicialmente, o acusado foi defender o irmão Magno e acabou o atingindo acidentalmente”, explicou o policial.

A versão investigada é que Magno e um outro homem estavam tomando cerveja na área externa de uma bar, quando chegou um outro suspeito e uma mulher. Eles começam a discutir. Neste momento, a vítima tentou intervir e acabou sendo atingida por um tiro na região do tórax.

Após isso, a mulher teria pegado uma picareta que estava em um carro e desferiu vários golpes nas costas do outro homem. Ele também precisou de atendimento médico.

De acordo com informações da Polícia Militar, Magno Oliveira foi socorrido por populares e levado ao Hospital Regional, mas acabou morrendo pouco tempo depois. O corpo dele foi trasladado para ser sepultado no Maranhão.

Os dois suspeitos envolvidos no crime continuam foragidos.