Preso acusado de duplo homicídio em Sorriso; vítimas estavam juradas de morte

O acusado, de 32 anos , foi preso, neste domingo, por investigadores da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) acusado de assassinar Francisco Rosa Carvalho, de 32 anos, com cerca de 54 golpes de faca e Elisângela Barradas do Nascimento, de 23 anos, com mais de 70, no sábado.

A juíza Emanuelle Chiaradia Varro indeferiu, durante audiência de custódia, o pedido de liberdade provisória apresentado pela defesa do investigado e decretou a prisão temporária de 15 dias.

Segundo a Polícia Civil, familiares informaram que os dois estavam jurados de morte, no WhatsApp do suspeito havia mensagem comprometedora e um áudio em que falava que ia procurar “uns caras para matar” as vítimas. A polícia investiga se os dois mortos teriam envolvido em delitos.

Elisângela estava com a faca cravada no pescoço, quebrada e havia fragmento da faca no solo o que tudo indica o agressor só parou depois que o instrumento (faca) ficou danificado, explicou, no sábado, o perito criminal Nilton Carlos Dalberto. Ele explicou também que “tudo indica que o crime ocorreu aqui. Tem muita terra revirada, fragmentos de capacete, provavelmente usado na agressão ou na tentativa de defesa. Então tem uma certa dinâmica, uma movimentação que aconteceu neste local, o que leva a crer que o crime aconteceu aqui mesmo”.

Elisângela e Francisco foram sepultado, ontem de manhã, em Sorriso.

Só Notícias/David Murba (atualizada 09:12h – foto: arquivo/reprodução)