Professores aprovam estado de greve e fazem ato unificado dia 12 contra Mauro

Professores da rede estadual de Mato Grosso decidiram nesta segunda (4) por unanimidade entrar em estado de greve, com assembleia permanente e paralisação estadual unificada, em 12 de fevereiro, junto com os demais servidores do Fórum Sindical. A briga é pela RGA e demais reinvindicações da categoria.

A decisão aprova deliberações do Conselho de Representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), que se reúne novamente em março.

“O estado de alerta é um indicativo para o governo reavaliar a postura e buscar uma negociação”, esclarece o presidente do Sintep, Valdeir Pereira.

A mobilização unificada, marcada para o dia 12 de fevereiro, também será um aviso ao governo. A coordenadora do Fórum Sindical, presente na Assembleia do Sintep, Edna Sampaio, ressaltou a importância da participação do Sintep na mobilização. “Será a primeira grande paralisação de alerta contra as medidas do governo Mauro Mendes e a participação dessa categoria é fundamental”, disse. (Com Assessoria)

Fonte: RDNews