Setor empresarial continua acreditando em Mato Grosso, afirma Mauro Mendes

Fonte: Laice Souza | Secom-MT

O governador Mauro Mendes afirmou que o setor empresarial continua a acreditar na potencialidade do Estado, principalmente com os investimentos que estão aportando em Mato Grosso. Um exemplo disso, segundo o gestor, é a inauguração da nova linha de produção da fábrica da Coca-Cola em Várzea Grande, que aconteceu na manhã desta terça-feira (20.08).

“Esse novo investimento é a prova de que o empresariado continua acreditando em Mato Grosso. Nosso Estado é pujante e tem capacidade enorme de crescimento e, por isso, temos recebido muitas empresas em busca de investimentos”, destacou.

A empresa, ligada ao grupo Solar, investiu R$ 40 milhões na ampliação. O novo setor irá produzir a Coca-Cola retornável de 2 litros, sem aumentar o valor do produto para o consumidor final, segundo assegurou Pedro Massa, da Coca-Cola Brasil. Ainda segundo Massa, o investimento no Estado é justificável por ser “Mato Grosso a locomotiva do crescimento da Coca-Cola no Brasil”.

Para o conselheiro do grupo Solar, Leonardo Melo, a ampliação da fábrica demonstra que a empresa acredita nas ações que são desempenhadas pela atual gestão do Estado.

“O senhor [governador] teve uma postura desde que assumiu o Governo, com medidas firmes, que demonstram que Mato Grosso terá um grande futuro”, afirmou.
Sustentabilidade

A nova tecnologia empregada na fábrica irá contribuir diretamente para mudar o conceito de consumo e despertar a consciência ambiental nos consumidores. O governador ainda destacou que o mundo precisa debater a sustentabilidade com ações práticas, como é o caso desse projeto que foi concretizado pela Solar.

“A sustentabilidade é um dos temas mais relevantes e uma das grandes discussões que se faz em todo o planeta. Mato Grosso é a região do mundo que mais produz alimento e respeita o meio ambiente. Tenho dito e repetido isso, sistematicamente, que queremos construir uma relação direta com o mundo. Precisamos vender os nossos produtos e que o mundo conheça a verdade sobre Mato Grosso”, concluiu o governador.