Sinop: prefeitura multará concessionária de água em cerca de R$ 1 milhão por má qualidade dos serviços

A prefeita Rosana Martinelli anunciou, em entrevista coletiva, que a prefeitura multará a concessionária que presta serviço de água e esgoto, a Águas de Sinop, em aproximadamente R$ 1 milhão por má qualidade nos serviços realizados pela empresa. Há cerca de 30 dias, a Ager fez um levantamento e identificou que no semestre, a empresa foi notificada 78 vezes, além de diversas reclamações. Umas das principais é a deformação no asfalto onde houve a necessidade de corte para instalação da rede de esgoto. O valor exato da multa ainda está sendo calculado, mas pode chegar a casa do milhão. A concessionária ainda será notificada e terá prazo para defesa.

Segundo a prefeita, o valor da multa será para recuperar gastos do município, onde a concessionária trabalhou, não deixou em perfeitas condições e a secretária de Obras teve que fazer a recuperação principalmente nos bairros Violetas, Califórnia e sentido ao Jardim Jacarandás.

“Determinamos para a Ager que conseguisse instrumentos legais para que pudesse fazer uma punição mais efetiva para ter mais resultado. Um número muito alarmante de notificações relativas a má qualidade nos serviços prestados. A demora da prestação de serviços da ligação (de água), de se tapar os buracos e não deixando exatamente igual. Diante disso, será aplicado multa”, expôs a prefeita.

Martinelli alertou ainda que apesar da multa, que ainda será aplicada, a concessionária não fica isenta de prestar as correções onde há necessidade. “Estamos fazendo está ação diante do compromisso que fizemos com a população. A população está pagando para a Águas de Sinop um serviço que precisa ser feito com excelente qualidade. Isso não está acontecendo. A prefeitura e a Ager estão tomando esta medida mais forte para que em um futuro próximo, eliminemos estes problemas”, emendou a gestora

Segundo o diretor presidente da Ager, Jaime Luiz Dalastra, as reclamações dos serviços prestados pela concessionária são inúmeras e é necessário que os clientes insatisfeitos procurem o órgão para formular reclamação e haver força jurídica na hora da cobrança. “Por isso é importante que a pessoa vá até a Ager, com isso nós teremos documentos e poderemos fazer as notificações. O primeiro papel é ela ir até à agência, não sendo cumprido no prazo determinado por eles, procurem a Ager que nós vamos correr atrás. E se fizer o serviço e não ficar bem feito, também procure a Ager, que nós vamos ao local. Estamos fotografando e olhando de perto. Fazemos uma notificação e damos um prazo para que eles possam cumprir”.

Outro lado
Em nota a concessionaria informou que desde 2014, todo o trabalho realizado atende a regras estabelecidas no contrato de concessão que foram definidas durante o processo licitatório. “A concessionária atua de forma transparente e com responsabilidade para melhor resultado e acompanha o contínuo crescimento do município. Referente a multa que será aplicada, a Águas de Sinop esclarece que até o momento não foi notificada”.

Só Notícias/David Murba (fotos: Só Notícias/Guilherme Araújo)